quinta-feira, 15 de novembro de 2018

HOMICÍDIOS CAEM 22% NESTE ANO EM PERNAMBUCO



Pelo 11º mês consecutivo, Pernambuco conseguiu reduzir o número de homicídios na comparação com o mês correspondente de 2017, de acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS). Com isso, desde janeiro, houve uma diminuição de 22% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). Nesses dez meses, o Estado registrou 3.563 assassinatos, contra 4.576 em 2017. Ao todo, 93 municípios não acumularam CVLI em outubro, e os municípios de Brejinho, Calumbi, Cedro, Fernando de Noronha, Ibirajuba, Itacuruba, Quixaba, Salgadinho, Santa Cruz e Serrita não registraram nenhum crime do tipo em 2018.

Apenas em outubro, a diminuição nos registros de CVLI foi de 23% quando comparado ao mesmo período de 2017 (de 432 para 331 casos). Nesse mesmo mês, foram efetuadas 195 prisões de acusados de homicídio, das quais 79 ocorreram em flagrante delito e 116 foram por cumprimento de mandado de prisão.

O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, disse que novos investimentos estão previstos para 2019 com o intuito de ampliar os resultados. “Em 93 cidades pernambucanas, por exemplo, nenhuma pessoa foi vítima desse tipo de crime em outubro passado. Um cenário que deve avançar com novos investimentos previstos em inteligência, infraestrutura e reforço no efetivo policial. Somente para a PM, convocaremos mais 500 novos servidores em 2019“, explicou.

O Agreste foi a região que mais refreou o número de homicídios. Em outubro, especificamente, a variação foi de -35,9%, saindo de 78 para 50 CVLIs. Na soma desde janeiro, 307 homicídios deixaram de ocorrer nos municípios do Agreste de 2017 para 2018, caindo de 992 para 685. E, no dia 26 de outubro, nenhum CVLI ocorreu em toda a região. O cenário de redução se repetiu nas demais regiões pernambucanas. No Sertão, a queda foi de 565 para 472 casos. Quando se avalia apenas outubro, essa região mostrou queda de 59 para 42. Os municípios sertanejos ainda passaram nove dias sem qualquer notificação de CVLI.

(Folha de Pernambuco)

Nenhum comentário:

Postar um comentário