segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

CEARÁ VAI TRANSFERIR CHEFES DE FACÇÕES CRIMINOSAS PARA PRESÍDIOS FEDERAIS


O Governo do Ceará pediu e conseguiu 60 vagas em presídios federais para transferir chefes de facções criminosas que estão hoje nas penitenciárias cearenses. Um preso já deixou o estado e outros 19 devem seguir nas próximas horas –não foi confirmado para qual presídio federal.
Nos últimos dias, a Secretaria de Administração Penitenciária do Ceará, pasta criada no início do segundo mandato de Camilo Santana (PT), intensificou as ações nos presídios onde estão membros de facções em unidades na cidade de Itaitinga, na Grande Fortaleza. Foram apreendidos mais de 400 celulares, televisões e drogas. Presos considerados líderes das facções já haviam sido isolados dos demais detentos. 
O domingo (6), já com a presença da Força Nacional de Segurança nas ruas, teve menos registros de ações criminosas, mas uma específica gerou transtorno com a explosão de uma antena de rede de celular de uma operadora, em Limoeiro do Norte. Ao menos 12 cidades da região do Jaguaribe, ao sul do estado, ficaram sem rede o dia todo.
(Folha de S.Paulo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário