sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

PRODUTORES DE LEITE E QUEIJO FORAM ATÉ O SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO DE PERNAMBUCO


Na manhã desta quinta-feira (17), os produtores de leite e queijo do interior do estado tiveram uma audiência com o secretário de desenvolvimento agrário de Pernambuco, o encontro aconteceu na sede do IPA em Recife. Na pauta, um diagnóstico da maior crise pela qual o setor está passando, as principais reivindicações foram com a desvalorização do produto tendo produtor vendendo 1 litro de leite por R$ 0,70, o que não paga sequer os custos de produção e pedirem maior empenha do governo na fiscalização das industrias de lácteos que não compra o leite do produtor local, preferindo desmanchar o leite em pó importado de outros países.

Para o deputado Claudiano filho, apesar da crise, a categoria ainda está de pé graças ao projeto de lei de sua autoria que viabilizou a legalização das pequenas queijarias desburocratizando as normas e permitindo que elas entrassem no mercado. Outra iniciativa foi a isenção de 100% do ICMS concedida pelo governador Paulo Câmara para as queijarias que estiver com seu registro definitivo atualizado junto a Adagro e a assistência técnica desse órgão no processo de legalização das pequenas fábricas fizeram a diferença para a classe.

Marcaram presença na audiência com o secretário, Dilson Peixoto, os deputados Claudiano Filho e Agleilson Victor, o prefeito de Águas Belas Luiz Aroldo, o presidente da Adagro, Paulo Lima, o presidente do Simproleite, Saulo Malta, o líder dos queijeiros Marcelo Tubarão e produtores de pelo menos dez municípios, entre eles Buíque, Águas Belas, Itaíba, Pesqueira, Pedra, Venturosa, Capoeiras e São Bento do Una, com destaque para Caetés que foi representado pelo secretário Galego.

Nenhum comentário:

Postar um comentário