sexta-feira, 5 de abril de 2019

BOLSONARO DIZ QUE MINISTRO DA EDUCAÇÃO PODE SER DEMITIDO NA SEGUNDA-FEIRA


Em café da manhã com jornalistas, o presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira, 5, que deve tomar uma decisão sobre o Ministério da Educação (MEC) na segunda-feira, 8. "Na segunda, vamos resolver a situação do MEC", disse. "Está bem claro que não está dando certo, falta gestão. Vamos tirar a aliança da mão esquerda e pôr na direita", afirmou o presidente.

As declarações indicam que o ministro Ricardo Vélez Rodríguez pode ser demitido. O ministro enfrenta sucessivas crises desde o início do governo e viu um aumento do desgaste nas últimas semanas com uma série de demissões.

Logo após o presidente se manifestar em Brasília, Vélez, que participa do 18º Fórum do Grupo de Líderes Empresariais (Lide) em Campos do Jordão (SP), rapidamente reagiu. "Não vou entregar o cargo, não fui informado". E ainda declarou: "Única coisa insustentável é a morte".

O ministro pediu apoio de empresários e os convocou para "dialogar" com ele e sua equipe no órgão. Ele participa de mesa com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP).

(Diário de Pernambuco)

GRUPO "A NOVA POLÍTICA" DIVULGA NOTA DE POSICIONAMENTO A RESPEITO DOS ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS EM CAPOEIRAS


Recebemos uma nota do grupo A Nova Política, se posicionando sobre os fatos acorridos no município de Capoeiras nos últimos dias, confira abaixo a nota na integra.

NOTA DE POSICIONAMENTO:
Caros amigos e amigas capoeirenses, o grupo A NOVA POLÍTICA de Capoeiras, diante das notícias dos blogs locais, regionais e da imprensa falada nos últimos dias, não poderia se calar diante de tal repercussão e relevante assunto. É lamentável a situação em que se encontra nosso município, a população está sentindo como se vivesse no meio de um campo de batalha, os atuais gestores são os intocáveis, não aceitam reclamações, correções nem tampouco que alguém aponte erros administrativos, por mais grotescos que sejam. Por mais claro que pareça, a falta da ação de uma política pública eficiente, clara, transparente e principalmente presente, qualquer aponte de falhas é logo alvo de ameaças, de responder a processos às vezes sob palavras de baixo calão, sinais típicos de quem tem algo a esconder, não precisa ser psicólogo. Outros poderes entram na cidade, fazem o que querem com a população, muitas das vezes, maltratando e humilhando nossos munícipes, que sentem o total abandono de nossos representantes, sem ter a quem recorrer. Por conseguinte, temos o outro lado deste cabo de guerra, que busca de forma incansável, observadora e atenta a tudo, despertar a população dos acontecimentos, porém um pouco midiática, aponta tais falhas de forma tão abrupta que deixa a população indecisa de qual seu real interesse, pois sabemos que temos órgãos fiscalizadores e judiciais que podemos recorrer, quando os trâmites legais, a boa educação, a ética e o respeito não funcionarem. Enfim, é claro e notório que sentimos a ineficiência dos setores públicos quando passamos em frente ao Colégio municipal a noite, por exemplo,  e o vemos fechado, parece que falta uma parte de Capoeiras, quando andamos pelos Sítios e vemos tantos grupos escolares abandonados, paredes caindo, o mato tomando conta, por mais que a gestão divulgue números progressivos na educação, as imagens são mais fortes, no paciente que não é atendido, não tem o medicamento, no transporte escolar deteriorando-se, nas estradas esburacadas, e por muitas vezes, passar à frente da garagem dos transportes públicos e ver diversas máquinas e caçambas paradas, nas entradas da cidade esburacadas, cheias de esgoto a céu aberto, a fedentina como boas vindas, na falta de expectativa de nossos jovens por verem a cidade paralisada sem mostrar aos mesmos uma direção, sem nenhum incentivo a estudarem, a se dedicarem e vão se desestimulando ao estudo, muitos mudando-se para os municípios vizinhos, pois lá o progresso é visivelmente notado, vermos um cemitério, que a anos é assunto de campanha na certa, não importa lado, ele sempre é citado, mas nada é feito, nos espaços abertos na feira livre, conforme citado no blog, outro assunto que toda época política é pauta de plano de governo, e nada é feito: nossos tão sofridos agricultores e pequenos produtores, que são os primeiros a serem visitados nas campanhas, e os primeiros a serem esquecidos, ou seja, se for para citar tudo, centenas de páginas não caberia, estas falhas vem a anos, os que estão no poder iludiram a população mostrando estas falhas para se elegerem e os que saíram um dia entraram mostrando estas mesmas falhas, e que querem voltar mostrando elas novamente, para continuar tudo do mesmo jeito, pois passa anos e anos e Capoeiras é sempre governada pelos mesmos políticos, que querem apenas sugar o que ela tem, enganar o povo com falsas promessas e aqueles que não se deixam enganar com palavras, alguns acabam cedendo à fraqueza do poder aquisitivo.
Aqueles que não suportam mais serem enganados, como nós deste grupo, agricultor, produtor, profissional liberal, professor, comerciante, autônomos, jovens, idosos sem distinção de credo religioso, classe social ou étnica, juntem-se a nós, aqui ninguém se autoproclamou pré-candidato nem tampouco candidato, pois quem tem que escolher é o povo, mas com certeza teremos nossos representantes,  iniciaremos nosso projeto intitulado de A NOVA POLÍTICA, que na realidade é a política como deve ser: orientadora, que debate seus planos e discutem seus problemas,  junto à população mostrando sempre seus direitos e deveres, onde buscar e reclamar dentro da Lei e da Ordem. Conforme anunciado em momentos anteriores, a partir do próximo mês, começaremos a consolidar nosso grupo e a todos desde já fica o convite, “VEM PRA NOVA”.Este é o nosso posicionamento.
 

Grupo A NOVA POLÍTICA.
Josivaldo Siqueira; Representante.

quinta-feira, 4 de abril de 2019

SECRETÁRIO DE OBRAS AMARO JÚNIOR SE PRONUNCIA SOBRA A POLEMICA DO LIXO


O secretário de obras do município de Capoeiras, Sr. Amaro Júnior, procurou o Blog, para responder a matéria publicado por esse veiculo de comunicação, a respeito do acumulo de lixo nas proximidades do campo da Cohab e o cemitério.

Júnior, afirma que incansavelmente o lixo é retirado da localidade todos os dias, más que nos últimos dias devido as fortes chuvas que caíram no município, teve que deslocar toda a sua frota mecânica e grande parte dos funcionários da secretaria na reforma das estradas rural, ficando alguns dias sem limpar o referido local.


O secretário afirma ainda que;

Depois das vias rurais em condições de tráfego de veículos e com a conseqüente volta das aulas nas escolas da zona urbana, sua prioridade foi a coleta do lixo, que mesmo antes das denúncias nas mídias, já estava programada.
Amaro Júnior ainda lamenta que esse local seja usado pela população para descartar lixo, e faz um apelo a população que colabore, deixando para descartar seu lixo no dia da coleta.

Acima as fotos do local a pós a limpeza.

quarta-feira, 3 de abril de 2019

O LIXO ESTÁ TOMANDO CONTA DA CIDADE DE CAPOEIRAS


A redação deste Blog recebeu na noite desta Terça-feira, algumas imagens mostrando a situação que vem acontecendo em Capoeiras, nas proximidades do Campo de Futebol da Cohab e o Cemitério municipal, está se formando um verdadeiro lixão a céu aberto.

O caso é antigo e até agora não houve interesse dos órgãos responsável em resolver esse grave problema, que vem gerando vários transtornos aos moradores da localidade, aos frequentadores do Campo de Futebol e as pessoas que transita polo lugar, que não são poucas, pois o local é a principal via de acesso dos moradores da Cohab que se desloca até o centro da cidade.

Vale ressaltar que o caso pode trazer inúmeros problemas para a população em geral, como o mal cheiro e aumento dos casos de doenças, o lixo atrai ratos, baratas e moscas. Além disso, ainda pode torna-se criadouro de mosquitos transmissores de enfermidades como a dengue e chikungunya.

A baixo você confere as demais imagem